UHF

9 de Setembro 2018

22h30

Praça dos Pescadores, Albufeira

Uma produção e agenciamento ALG Eventos. 

UHF é uma banda portuguesa de rock formada na Costa de Caparica, em Almada, em 1978. São os fundadores do movimento de renovação musical denominado rock português e os responsáveis pelo surgimento do boom do rock em Portugal em 1980. São uma das bandas nacionais mais prestigiadas e a mais antiga em atividade. A formação inicial era composta por António Manuel Ribeiro(vocal e guitarra), Renato Gomes (guitarra), Carlos Peres (baixo) e Américo Manuel (bateria). Atualmente são formados por António Manuel Ribeiro (vocal e guitarra), António Côrte-Real (guitarra), Luís 'Cebola' Simões (baixo), Fernando Rodrigues (teclas e guitarra) e Ivan Cristiano (bateria e percussão).

 Resultante do pós punk, no final dos anos setenta, a sonoridade da banda incorpora o rock direto e espontâneo de características urbanas, produzindo também um som mais acústico e hard rock com alguma influência dos Doors. Foram um dos grupos mais bem sucedidos comercialmente no início da década de 1980, tendo vendido mais de 100 mil discos premiando o single "Cavalos de Corrida" (1980) – canção génese do rock português – e o álbum À Flor da Pele (1981), que ocuparam as primeiras posições da tabela de vendas durante várias semanas. Conseguiram contornar a crise do rock português, nos meados dos anos 80, introduzindo influências do rock alternativo no álbum Noites Negras de Azul (1988). A experimentação foi também utilizada no álbum Comédia Humana (1991) com o estilo pop rock e canções mais comerciais, para depois recuperarem os elogios da crítica musical com os lançamentos de Santa Loucura (1993) e 69 Stereo (1996), discos que voltaram a estabelecer a sonoridade rock convencional. Atentos à realidade política e social do país, os UHF são o rosto do rock de intervenção em Portugal. Com alguma influência de José Afonso, assumem uma posição ativa em relação a temas sensíveis na vida das pessoas, como é o caso das canções "Sarajevo", "Porquê (português)" ou "Vernáculo (para um homem comum)" que se tornou um manifesto antipolítico. Em 2013, a bem sucedida digressão "UHF 35 anos – A Minha Geração" foi marcada com palavras de ordem contra a desordem governativa do país. A intrépida atitude independente, assumida desde o início de carreira, promoveu uma menor exposição mediática na banda.

A formação dos UHF foi sofrendo constantes alterações ao longo dos anos. António Manuel Ribeiro, compositor maioritário das canções, é o único membro fundador residente. Além de cantor e músico é também escritor e autor regular de várias crónicas para rádios e jornais. Lançou dois livros de poesia, dois sobre a banda que lidera, incluindo uma antologia, e um livro em prosa que corrige a história do rock português a partir de 1974. Fundou o movimento de poesia-rock em Portugal tornando-se num dos melhores criativos. Lançou quatro discos a solo, sem se afastar totalmente da banda, convidando para esses trabalhos músicos antigos e atuais dos UHF, entre outros.

 

Galeria de Imagens

Voltar

Newsletter
Subscreva a nossa Newsletter e fique a par de todas as novidades!